3 situações constrangedoras que já passei sendo colunista de sexo

by: Carol Teixeira -

407334_330274270328744_384218010_n

                (a tal foto minha na parede. by Nicolas Delavy)

 

1 – o cara da NET entrando aqui em casa e se deparando com vários livros sobre sexo em cima da mesa com títulos tipo “VAGINA, Uma biografia”. Um pouco sem jeito, me viro para o outro lado e me deparo com paredes nas quais tem fotos nuas by Robert Mapplethorpe, um mosaico de mangá erótico que roubei de um bar na Rússia e uma foto minha em frente a um bolo lambendo meu dedo com merengue (eu juro que a foto é legal, descrevendo assim fica bizarra) e penso: “é, na minha casa não tem muito com fugir disso mesmo. O cara da NET que lide com isso”.

 

2 – No meu ex apartamento o zelador fazendo a gentileza de colocar minhas cortinas novas e comentando positivamente chocado minha coluna na Revista Vip daquele mês, que era sobre massagem tântrica. Só que a interpretação errônea dele era que EU era especializada nisso e já tinha levado um homem a ter 10 orgasmos em uma hora (na verdade esse feito era de uma terapeuta que eu cito na matéria). Imagina a minha fama espalhada no prédio! Os homens deviam estar muito impressionados com a moça de cabelo colorido do último andar…Pensando bem eu não devia ter defeito esse mito. Geral ainda estaria me achando a MESTRA do tantra.

 

3 – Faxineira nova se deparando com objetos eróticos (ganho muitos, tipo blogueira de moda que ganha roupa, sabe?) e organizando eles como quem organiza os copos de cristal, pra se mostrar proativa. Constrangimento específico quando me deparo com um vibrador em destaque, daqueles que imitam a coisa em si, sabe? Mas tipo GIGANTE (num nível eu-não-encaro. Não to exagerando, vocês precisam ver.). Só consegui falar com ela sobre quando parei o ataque de riso. Mas estou cogitando seriamente deixar como enfeite no meu escritório porque é tão causación que merece destaque mesmo, ela tem toda razão. Talvez banhar de ouro, uma vibe totem e tal. (rá!).

 

 

 


Comments