“Call me Caitlyn”

by: Carol Teixeira -

556c7a214ae56e586e457d37_vf-cover-bruce-jenner-july-2015

 

“Call me Caitlyn” (“Me chamem de Caitlyn”), foi a matéria que paralisou a sociedadhy nessa segunda.

 

Embora o ex-atleta olímpico Bruce Jenner (padrasto das irmãs Kardashian e pai de Kendall e Kylie) já estivesse em processo de mudança de sexo ha alguns meses, foi uma surpresa quando nesta manhã, 1/06, a revista Vanity Fair liberou a capa da sua próxima edição de julho, em que Bruce aparece posando pela primeira vez como uma verdadeira mulher.

 

Clicado, ou melhor, clicada pela super fotógrafa Annie Leibovitz, Jenner também foi entrevistada pelo jornalista Bissinger – autor de Friday Night Lights – aonde contou um pouco de como foi a transição, as dificuldades em esconder por décadas o desejo de ser mulher, e como se sente depois dessa grande mudança.

 

Além disso, ela também publicou uma nova página no Twitter, aonde postou: “Estou tão feliz depois de uma longa luta para estar vivendo o meu verdadeiro eu. Bem-vindo ao mundo Caitlyn.” – Atraindo milhares de seguidores por todo o mundo. As irmãs Kardashian também mencionaram Caitlyn e a capa da revista, com orgulho em suas redes sociais. Kim com a legenda: “BE HAPPY, BE PROUD, LIVE LIFE YOUR WAY!”, e Khloe: “I couldn’t be prouder!!! Caitlyn, You are beautiful!!!” – Fofas!

 

Captura de tela 2015-06-01 às 15.35.15-1

 

Agora, mais do que nunca podemos falar que essa familia é feita de muito girl power. Fico feliz de estar num mundo onde cada vez mais a liberdade de escolha é assimilada pelo mainstream com respeito. Porque uma atitude dessas não tem que estar numa notícia sensacionalista, não tem que ser tratada como algo risível ou com uma vibe judgemental, mas sim exatamente como a Vanity Fair tratou: com beleza e delicadeza. You go, girl! Caitlyn Jenner, você arrasa.

 

Mas poxa, seu novo nome poderia ter começado com a letra “K” também, né?


Comments