Happy b-day, Paul!

by: Carol Teixeira -

1361390448_tumblr_lihc2tkqxc1qg1lw1o1_1280

 

Paul McCartney, um dos caras mais fodas do mundo, nasceu há exatos 73 anos, no dia 18 de junho de 1942.  Acho ele incrível, não só pelo fato óbvio & grandioso de ele ser um Beatle e estar na ativa até hoje ou pelas belas músicas que marcam a vida de tantas gerações. Mas também pela posição dele perante vários temas, seu envolvimento em movimentos de proteção dos animais (ele é o maior representante do movimento Meatless Mondays), o valor que sempre deu à família e seu romantismo infinito (amo homens românticos!). Sua grande sensibilidade e devoção ao amor sempre foram características presentes em suas criações musicais, por isso, nessa pequena homenagem, nada como relembrar de alguns trechos das letras mais intensas que ele escreveu inspirado nas mulheres de sua vida. Happy b-day, Paul, seu lindo!

 

 

All My Loving

 

Canção inspirada no relacionamento a distância de Paul com a bela Jane Asher. Eles foram noivos durante alguns anos. A canção All My Lovin expressa um pouco da relação dos dois e ficou registrada no segundo álbum dos Beatles.

 

 

“And then while I’m away
I’ll write home everyday
And I’ll send all my loving to you”

 

 

And I Love Her

 

Asher ainda esteve presente em várias músicas da banda, algumas vieram a se tornar grandes clássicos. And I Love Her foi uma delas, em que o cantor escreveu mostrando que seu envolvimento com a atriz foi de corpo e alma.

 

 

“She gives me everything
and tenderly
the kiss my lover brings
she brings to me
and I love her”

 

 

My Love

 

Essa música foi inspirada em Linda Eastman que foi esposa, grande amiga e mãe dos filhos de Paul. Foi o grande amor de sua vida.

 

 

“Whoa-whoa, I love, oh-whoa, my love
Only my love holds the other key to me
Oh-whoa, my love, oh-oh, my love
Only my love does it good to me”

 

 

Let It Be

 

Música dedicada a Mary Patricia, mãe do cantor que infelizmente faleceu em 1956, enquanto ele ainda era muito jovem.

 

 

“And when the night is cloudy
There’s still a light that shines on me
Shine until tomorrow, let it be
I wake up to the sound of music
Mother Mary comes to me
Speaking words of wisdom, let it be
Let it be, let it be”
My Valentine

 

Mais recente, essa música é baseada no terceiro casamento de Paul com Nancy Shevell – a mulher que fez Paul voltar a sorrir depois de uma fase conturbada. A música foi lançada no dia de seu casamento em 2011.

 

 

“And I will love her for life
And I will never let a day go by
Without remembering the reasons why
She makes me certain
That I can fly”


Comments