Música para Strip

by: Carol Teixeira -

i just don't know what to do with myself gif

 

O mais básico dos strips ou qualquer dança sensual requer algo que perdemos hoje em dia: calma. A leveza e sensualidade que vem de uma roupa tirada sem pressa e o estar confortável com o fato de estar sendo silenciosamente observada, sem ansiedade, já são coisas sexualmente muito poderosas, mesmo que você não faça um strip mega profissional. Claro que arrasar num pole dance é incrível, mas o mais importante não são as técnicas mirabolantes mas sim a atitude, o olhar, a sensualidade e leveza do corpo. Exemplo? A Kate Moss no clipe “I just don’t know what to do with myself”, do White Stripes. Se você reparar, a dança da Kate Moss é mais firula do que técnica. Foi o que minha professora de pole dance disse quando eu cheguei dizendo que eu queria aprender aquilo. Ela disse: “mas você faz coisas muito mais difíceis já!” Então, a gente fica hipnotizada pela leveza e segurança com que ela se move e nem repara que são coisas simples. É isso que você tem que ter em mente quando for fazer um strip para o namorado ou qualquer pessoa: estar confiante é o mais importante. E ter a música certa, claro. A segurança é com você, mas com a música certa eu posso ajudar. Aqui vão algumas das minhas preferidas pra esses momentos.

 

Do I move you (Nina Simone): ideal pra esse momento mais silencioso e suave. Nina Simone em sua música mais sensual. Aproveite a levada arrastada do som e resgate essa calma que você perdeu. Tire cada peça muito devagar, olhando no olho e curtindo cada movimento. Esqueça do mundo ao redor, esqueça qualquer inibição e se entregue para o momento.

 

 

 

I put a spell on you (versão do Creedence Clearwater): minha favorita. Essa é legal pra causar, imaginar que está num palco (mesmo que você não esteja) e dar um tom um pouco mais performático. O strip com essa música não é algo que você faz numa bela tarde de sol, tem que ser numa noite especial, um clima denso e provocante. Forte. Veja o filme “Planeta Terror” do Robert Rodriguez e se inspire naquela cena inicial, Rose McGowan naquela vibe badass arrasante dançando (é com outra música, mas dá pra se inspirar na atitude dela). Mas pare na cena inicial porque no resto do filme tem uns zumbis e tal, não vai ser inspirador para seu strip haha

 

 

Down in Mexico (The Coasters): você viu a cena do lap dance de “Death proof” do Tarantino com essa música? Então veja (abaixo) e entenda como dá pra ser performática sem mega produção. A mulher está de chinelinho, nada produzida, num lugar nada ideal e vai lá e arrasa. A prova de que você não precisa do momento ideal nem da roupa ideal.

 


Comments